Um dos principais responsáveis em transformar Goiás em referência nacional na área da saúde, o Instituto de Gestão e Humanização (IGH) gerência três importantes equipamentos no estado

Pacientes que moram em cidades do Distrito Federal têm procurado cada vez mais atendimento médico nas unidades de saúde de Goiás. O fato que ganhou destaque na imprensa nacional, reflete os bons resultados obtidos pelo modelo de gestão hospitalar implantado no estado goiano com a gestão das Organizações Sociais que permitiu a humanização do atendimento e ampliações no sistema de saúde estadual.

 

Um dos principais responsáveis em transformar Goiás em referência nacional na área da saúde, o Instituto de Gestão e Humanização (IGH) gerência três importantes equipamentos: Hospital Materno Infantil (HMI) e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL), em Goiânia, e Hospital de Urgência de Aparecida de Goiânia (HUAPA).

HMI - As práticas de gestão modernas e excelência no atendimento ao usuário do Sistema Único de Saúde, posicionou o HMI como um dos hospitais de referência mundial em atendimentos de alta complexidade infaltil, sobretudo, em cirurgias de separação de gêmeos siameses. Gerenciado pelo IGH desde julho de 2012, por meio do contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde de Goiás, antes da assunção do contrato com a OS a unidade passou por uma séria crise com a falta de médicos e insumos para realização de exames, desativação de vagas na UTI e do serviço de classificação de riscos de pacientes pediátricos.

As metas da gestão IGH era restabelecer o fluxo de suprimentos (medicamentos, material hospitalar), melhorar a ambiência hospitalar, qualificar e treinar as equipes de trabalho, ampliar a rede de serviços e atendimentos, além de implantar o sistema de classificação de risco, priorizando os casos graves. Desde então, o IGH tem empenhado esforços para garantir a plena funcionalidade do hospital e garantir uma assistência resoluta e humanizada.

HUAPA - Administrado pelo IGH deste de julho de 2013, o HUAPA presta atendimento de urgências e emergências em média e alta complexidade, atendendo aproximadamente 45 municípios que estão no entorno de Aparecida de Goiânia entre demanda espontânea e pacientes encaminhados de outras unidades de saúde, além de cirurgias gerais, bucomaxilo e ortopédicas. O hospital que é importante ponto de apoio para a Rede de Urgência e Emergência da Região Metropolitana de Goiânia, tem mantido indicadores de infecção hospitalar abaixo do índice mínimo exigido pela Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO).

O resultado deve-se à realização de ações como vigilância intensificada, educação permanente com a equipe multiprofissional, foco nas medidas de precaução e higienização das mãos, trabalho efetuado pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) implantado pelo IGH para garantir a segurança dos beneficiários assistidos na unidade.

MNSL - Em dezembro de 2013 o IGH assumiu a gestão da Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL). Com know how na administração do HMI e HUAPA em Goiás, o instituto ampliou a resolutividade da unidade nas áreas da Ginecologia, Obstetrícia e Planejamento Familiar. Hoje, a maternidade é referência no acompanhamento e desenvolvimento da criança até um ano e meio de vida, possibilitando ainda, a formação de profissionais qualificados na atenção à primeira infância.

Acesse o link da reportagem veiculada no portal de notícias Bahia 25 Horas