A Comissão de Ética em Enfermagem da Unidade de Pronto Atendimento da Zona Norte tomou posse na manhã de 13 de junho. A Comissão segue as exigências do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul e é constituída por quatro enfermeiras e uma técnica de enfermagem, mais uma suplente.

 

Durante a atividade, a coordenadora de Enfermagem da UPA Zona Norte, Marilda de Andrade, ressaltou a importância da Comissão, que tem o intuito de regular processos, inserir rotinas e cobrar ações que estejam de acordo com o Código de Ética da profissão. “Vocês são os olhos do nosso Conselho dentro do serviço e têm o foco educativo e não punitivo junto aos demais colegas”, enfatizou.

O analista de Qualidade da UPA Zona Norte, Wellington do Prado, também destacou o caráter educativo e regulatório do grupo empossado, destacando a importância de um cronograma de reuniões e atividades para o bom encaminhamento das ações junto ao grupo assistencial. “Uma comissão só tem efetividade de ações a partir do momento que faz um planejamento estratégico de acordo com o seu real papel dentro da instituição”, destacou.

A enfermeira Luana Fortunatti, presidente da Comissão, reforçou que o trabalho dos profissionais que fazem parte do grupo será de cooperação. “A Comissão deve, sim, cobrar as diretrizes do Código de Ética em Enfermagem, mas temos o compromisso maior de sermos um grupo de apoio aos demais colegas em suas rotinas diárias”, esclarece.

A Comissão deve iniciar ainda neste mês as reuniões mensais para a construção do planejamento estratégico do grupo.